A Amazônia é um lugar cheio de surpresas, tudo ali é superlativo, são 25 mil quilômetros de águas navegáveis e 4,2 milhões de quilômetros quadrados. Não é à toa que existem algumas frutas, que só crescem ali. Diversos nomes estranhos que revelam sabores únicos, que vão muito além do açaí. Experimente:

Buriti

Um fruto tão saboroso que é usado em doces, sorvetes, sucos, vinho e licores. Apesar de exótico demais para alguns paladares, merece ser saboreado.

Camu-camu

Pequenas frutas do tamanho de uma cereja, tem um gosto um pouco ácido, e por isso, é pouco consumido “natural.” Para mim, a melhor forma de experimentar, é como uma boa cachaça de camu-camu.

Cupuaçu

O cupuaçu já é um pouco mais conhecido, principalmente na forma de suco ou como recheio de bombom. No norte, é popular há tempos e tem uma festa em sua homenagem que já dura vinte anos.

Tucumã

Frutinha de casca laranja, tem um sabor que parece damasco. Bastante saboroso, além de doces e licores, é bastante tradicional no café-da-manhã. O famoso x-caboquinho ou sanduíche de tucumã, com queijo, banana no pão francês deve ser experimentado.

Tacacá

Também tradicional do norte, é preparado como um caldinho chamado tucupi. Servido em uma cuia, junto com goma de tapioca, tem origem indígena e vale todas as calorias que tem.